Seis lugares mal-assombrados
52732
post-template-default,single,single-post,postid-52732,single-format-standard,eltd-core-1.0.3,ajax_updown,page_not_loaded,,borderland-ver-1.13, vertical_menu_with_scroll,smooth_scroll,paspartu_enabled,wpb-js-composer js-comp-ver-4.11.2.1,vc_responsive

Seis lugares comprovadamente mal-assobrados

Seis lugares comprovadamente mal-assobrados

Atrás de atrações turísticas, ao redor do mundo, há lugares onde espíritos desassossegados permanecem. Eles se manifestam com vozes estranhas, por meio de objetos que se movem, ou mesmo saindo de sombras como aparições ou espectros. Até mesmo, às vezes, por contatos físicos.
Listamos seis lugares, onde as pesquisas científicas comprovaram que ali ocorrem com frequência fenômenos paranormais.

ancient 2


1- Ancient Ram Inn, Inglaterra
O mais famoso desses lugares, e que só pela aparência já nos deixa arrepiado, não poderia deixar de estar na Inglaterra. Localizado no condado de Gloucestershire – o Ancient Ram Inn – data de 1145, e ainda hoje, mal e mal, funciona como bed & breakfast. De pouco sucesso, pois é comum os hóspedes abandonarem a estalagem após se sentirem amedrontados com gritos de crianças e visagens dentro dos quartos. Entre os corajosos que permanecem a noite toda, acontece de dormirem num quarto e acordarem em outro!
Considerada a casa mais mal-assombrada de toda a Grã-Bretanha, tem sua fama alicerçada pelas histórias de sacrifícios de crianças, adoração do capeta, que ali se realizaram durante centenas de anos. Evidências de que o local era um centro ritualístico foram reforçadas quando, recentemente durante uma reforma encontraram no interior da casa, ossadas de duas crianças e um grande números de adagas de formas e tamanhos diferentes.

Edinburgh-Castle1


2- Castelo de Edimburgo, Escócia
Esse castelo é realmente assombrado? Ou é papo-furado que tocadores de tambores sem cabeça surgem dentro do castelo, ou ainda de cães fantasmas que correm pelos corredores? Essas histórias são relatadas há séculos.
Contudo, em abril de 2001, pesquisadores britânicos quiseram por abaixo essas lendas de um dos principais pontos turísticos da cidade, mas os resultados foram assustadores.

Durante 10 dias, voluntários cuidadosamente escolhidos de diversos países e que não tinham conhecimento das histórias do castelo, foram selecionados para explorar a cidadela escocesa de 900 anos, em diversos horários. Seus relatórios surpreenderam os pesquisadores: eles noticiaram espanto e medo por terem vistos pessoas que desapareciam, sons misteriosos, empurrões, e até mesmo uma antiga lenda sobre nuvens de gafanhotos foi revivida pelos participantes da pesquisa. As informações colhidas corroboravam com os fenômenos sobrenaturais.

Banff_Springs_Hotel_-_Fall_2013-2

3- Hotel Banff Springs, Canadá
Pode ser surpresa para muitos que um dos mais famosos hotéis do Canadá seja assombrado. Mas devido aos acontecimentos misteriosos que ocorreram e ocorrem ainda hoje, o Hotel Banff Springs está presente em todas as listas de lugares que fazem muitos hóspedes baterem os dentes de medo.

O primeiro fato sinistro ocorreu logo após sua inauguração, em 1888, quando numa festa de bodas, a noiva com o vestido em chamas despencou da escada e quebrou o pescoço. Sua aparição em pânico com o vestido pegando fogo é vista com frequência nessa mesma escada e no salão de festas.

Outra história que ativa os tremeliques dos frequentadores desse hotel, se passou no quarto 873, quando sem motivo aparente uma família inteira foi assassinada. Desde então, essas pessoas com roupas antigas são vistas caminhando pelo hotel. Coincidência ou não, depois que a gerência mandou emparedar o quarto, esses fantasmas nunca mais foram vistos.

Mas a mais popular de todas as histórias recai sobre o ex-porteiro, San Macauley. Ele trabalhou no hotel por 60 anos, morreu faz tempo, mas ainda hoje serve hóspedes desavisados, abrindo portas, acendendo luzes … Esses clientes procuram depois o gerente para agradecer a gentileza do porteiro.

borgvattnet 1


4- Casa Paroquial de Borgvattnet, Suécia
Não é que as aparições não respeitam nem mesmo os homens de Deus! Para muitos, fantasmas não têm religião. Pois bem, essa casa paroquial localizada na região de Jamtland, no norte da Suécia, é considerada a casa mais mal-assombrada do país. Pudera, ali não tem pastor, desde 1927, que não viu ou presenciou acontecimentos estranhos.

Religiosos não mentem, e todos que ali residiram noticiaram roupas constantemente tiradas do varal e jogadas no chão, mulheres estranhas dentro da casa, sons inexplicáveis, e objetos que se moviam.
O principal relato data de 1945 quando o pastor Erick Lindgren se mudou para lá e começou a escrever um diário, anotando todos os fatos paranormais. Ele teve que iniciar esse diário várias vezes, pois os anteriores apareciam sempre queimados.

italy-is-selling-off-this-very-creepy-haunted-island-in-venice


5- Ilha de Poveglia, Itália
Por que será que de todas as ilhas de Veneza, Poveglia é a única abandonada? Qual a causa que faz dessa ilha bem localizada, entre o Lido e o Grande Canal, não ter nem um empreendimento imobiliário?  Por que nenhum gondoleiro quer te levar lá? Acredite, bons motivos eles têm de sobra.

Habitada desde o ano 421, ela se tornou uma vila fantasma no século 14 quando a peste bubônica varreu a ilha. A partir daí os venezianos utilizaram o local como quarentena, e muitos infectados morreram e tiveram seus corpos queimados. O mesmo aconteceu em 1630, com outra grande epidemia e os doentes levados lá para morrer.

Para completar o infortúnio dessa bela ilha, os vênetos construíram em 1800 um sanatório para doentes mentais. Histórias relatam maus tratos e experimentos que ali se faziam, todos de grande sofrimento para os pacientes. Depois do desaparecimento de um médico, e do suicídio de outro, em 1975, o hospital foi desativado, e assim em ruinas se encontra até hoje.

A má fama do local é tanta que os habitantes de Veneza nem ousam pisar ali, bem como os pescadores que também evitam pescar na área. Nem tente comprovar a veracidade dessa maldição que se abateu sobre Poveglia. Anos atrás, uma equipe da Ghost Adventures, teve que adiar o documentário quando o diretor Zak Bagan começou a dar piti devido a uma síndrome de pânico.

Ilha das bonecas


6- Ilha das Bonecas, México
Assustador. É como os corajosos definem a visita a esse lugar, escondido numa das maiores atrações turísticas da Cidade do México – Xochimilco. Localizada a 20 km da capital, a região é conhecida como Veneza mexicana, graças aos seus canais navegáveis. Entre eles, a ilha das Bonecas surge como aparição macabra, devido à grande quantidade de bonecas penduradas em todos os cantos.

A história começou 70 anos atrás, quando o único morador da ilha, sr. Julián de Santana, encontrou o corpo de uma menininha afogada. A partir daí o solitário Julián, não teve mais sossego. Choros e gritos de crianças ecoavam a todo instante. Então ele teve a ideia de que podia aplacar o sofrimento da alma daquela garotinha que ainda vagava pela ilha, colocando bonecas nas árvores para ela brincar.

Toda vez que os gritos recomeçavam, lá ia seu Julián buscar mais bonecas. Isso durante anos até o dia que Julián morreu afogado, no mesmo local que encontrou o corpo da menina. Essa ilha inspirou o diretor Tom Holland a criar Chucky, o boneco assassino.
Gritos e choros ainda podem ser ouvidos por aqueles que passam perto da ilha. Se desembarcar é fortemente aconselhável levar uma boneca para ser deixada em algum lugar. Não tente fazer o contrário, pelo seu bem, dizem os mexicanos.cajuzinho

Você também pode se interessar por:

O castelo mal-assombrado de Cawdor Castle e a poetisa Lourdes Ricardo

ou

http://viramundoemundovirado.com.br/52458-2/

 

Heitor e Silvia Reali

Viajamos para namorar a Terra. E já são 40 anos de arrastar as asas por sua natureza, pelos lugares que fizeram história, ou pela cultura de sua gente. Desses encontros nasceu a Viramundo e Mundovirado.