Seis castelos saídos da realidade para a ficção

Seis castelos saídos da realidade para a ficção

1- Castelo Bran, Romênia

crédito: Getty Images

Também conhecido como o Castelo de Drácula, pois o poder do mito vive eternamente em Bran, castelo envolto pela névoa que inspirou a obra de Bram Stoker – Drácula. Esta fortaleza protegida por um anel de montanhas na Transilvânia, graças à sua localização no cume de um negro rochedo dá aos viajantes uma aterrorizante visão nas noites de tempestade.

2- Castelo de Neuschwanstein, Alemanha

 

crédito: Getty Images

Antes mesmo de inspirar o Castelo da Bela Adormecida na Disneylândia, Neuschwanstein era refúgio para o Rei Ludwig II da Baviera, chamado de rei louco. Por que será? Seus arquitetos atendendo aos pedidos reais construíram essa obra baseados nos mitos e lendas das óperas do compositor Richard Wagner. Dos 200 quartos previstos, apenas 14 foram terminados, e estes impressionam pela ornamentação com milhares de folhas de ouro, e vibrantes afrescos. É o mais popular dos castelos da Alemanha e recebe 1 milhão de visitantes ao ano.

3- Castelo Moszna, Polônia

 

crédito: Peter Hirth

Este castelo do século 17 originalmente projetado em estilo barroco, com alas em estilo neogótico e neo renascentista tem o charme de Hogwarts, a escola de bruxaria de Harry Porter. Muitos acreditam que a escritora J. K. Rowling se inspirou no Castelo de Moszna ao escrever a saga do feiticeiro.
Após a Segunda Guerra Mundial, seus 365 quartos foram sede do exército soviético, mas hoje em dia quem manda no pedaço e atrai visitantes mais pacíficos são os concertos de música de câmara e as exposições de arte.

4- Ledds Castelo, Inglaterra

 

crédito: Getty Images

Situado entre duas ilhas no meio de um lago, no condado de Kent, o castelo de Leeds do século 10, é grandioso e romântico. Construído no reinado de Henrique I serviu de residência real durante 900 anos. É também conhecido como o “Castelo das Senhoras”, pois ali viveram seis rainhas medievais.
A propriedade de 500 hectares sempre serviu à imaginação de escritores como Conan Doyle e Agatha Christie, que ali hospedaram seus personagens de novelas plenas de mistério. Aberta aos visitantes em 1974, organiza eventos culturais durante todo o ano, como demonstrações de falcoaria, além de abrigar três restaurantes e um bed and breakfast.

5- Palácio Nacional de Pena, Portugal

crédito: Getty Images

Refúgio da nobreza portuguesa este castelo a 35 quilômetros de Lisboa é uma confusão de estilos. “Passar em dez passos do gótico para o manuelino, do mudéjar para o neo clássico, e de tudo isto para invenções com poucos pés e nenhuma cabeça”, assim escreveu sobre o Palácio de Pena, o escritor José Saramago.
Porém é verdade que sem o Palácio da Pena a serra de Sintra não seria o que é. Em dias claros as cores vermelho e amarelo de destacam do verde da paisagem e podem ser vistas até mesmo da capital portuguesa.

6- Castelo de Bojnice, Eslováquia

 

crédito: Getty Images

O castelo mais famoso do país data do século 12 e inicialmente era uma fortaleza toda construída em madeira. Reformado várias vezes alcançou sua aparência atual, inspirada nos castelos franceses do Vale do Loire, no final dos anos 1800.
Aberto à visitação os passeios noturnos à luz de velas são especialmente populares em Bojnice assim como o Festival Internacional de Fantasmas, realizado anualmente no mês de abril.


Comentários

Heitor e Silvia Reali

Viajamos para namorar a Terra. E já são 40 anos de arrastar as asas por sua natureza, pelos lugares que fizeram história, ou pela cultura de sua gente. Desses encontros nasceu a Viramundo e Mundovirado.