O que fazer em Lisboa em apenas um dia? - Viramundo e Mundovirado
51464
post-template-default,single,single-post,postid-51464,single-format-standard,eltd-core-1.0.3,ajax_updown,page_not_loaded,,borderland-ver-1.13, vertical_menu_with_scroll,smooth_scroll,paspartu_enabled,wpb-js-composer js-comp-ver-4.11.2.1,vc_responsive

O que fazer em Lisboa em apenas um dia?

Lisboa, grafite Bordalo II

O que fazer em Lisboa em apenas um dia?

O melhor bilhete para conhecer Lisboa em apenas um dia, sem dúvida, é ir atrás dos grafites. Reconhecidos internacionalmente como verdadeira expressão de arte voltada para o povo, eles também se tornaram na cidade um grande projeto cultural, ao incentivar artistas do mundo inteiro a ocupar espaços degradados, transformando-os em obras de arte.

Lisboa, grafites

Na procura dos grafites acabei fazendo uma ode à caminhada, pois “uma cidade que não tem rua para caminhar não tem lugar para a alma”, como disse um arquiteto americano. E aí é outra conversa, uma delícia passear pelas ruas de Lisboa, sejam elas no centro histórico ou não e fazer suas próprias descobertas: uma lojinha que conserta todo tipo de brinquedo, uma alfaiataria que faz seu terno em um dia, uma loja de queijos de diferentes países europeus, outra de embutidos e outra ainda de todo tipo de peixe enlatado.

Lisboa, grafite de Bordalo II

Nenhum outro roteiro explora a cidade com tanto charme como esse de andar pelas ruas em busca dos grafites. Todos sabem que uma das maravilhas de Lisboa é a luz, e assim entre sombras e contraluzes que vão permeando meu passeio, me deparo numa viela com um grafite do artista português Bordalo II. Guarde bem esse nome. Sua obra que além do grafite recicla diversos materiais já é considerada uma das melhores do mundo.

Lisboa, grafite de Vihls

A lista de grafiteiros cujas obras decoram Lisboa é enorme, e entre eles os já famosos Vihls, Eime, Odith, Okuda, AkaCorleone, OsGemeos, me pareceu que quanto mais a parede é cheia de manchas, esburacada, rústica, desnivelada, ela é a escolhida pelo artista. É ali que eles projetam seus personagens oriundos de um mundo lúdico e pleno de poesia.
Para mim o que importou foram as sensações que experimentei diante dessas obras. E de quebra conheci melhor Lisboa.

Lisboa, grafites

Texto e fotos: Heitor e Silvia Reali

Ir: TAP www.flytap.com  A melhor opção de cia aérea para Lisboa

Ficar:
Don Pedro Hotels, no bairro chique da Amoreiras, com preços acessíveis www.dompedro.com
Lisbon Hostel, Rua do Ataíde 7, Chiado, Lisboa, www.lisb-onhostel.com

Tour:
Várias agências de turismo oferecem passeios para curtir os grafites, considere:
Lisbon Street Art Tours, lisbonstreetarttours @gmail.com
Wild Walkers Tours, www.wildwalkerstours.com
Lisbon Sustainable Tourism, www.lisbonsustanabletourism.com

Tags:
Heitor e Silvia Reali

Viajamos para namorar a Terra. E já são 40 anos de arrastar as asas por sua natureza, pelos lugares que fizeram história, ou pela cultura de sua gente. Desses encontros nasceu a Viramundo e Mundovirado.