O que fazer em Andorra no inverno? - Viramundo e Mundovirado
51311
post-template-default,single,single-post,postid-51311,single-format-standard,eltd-core-1.0.3,ajax_updown,page_not_loaded,,borderland-ver-1.13, vertical_menu_with_scroll,smooth_scroll,paspartu_enabled,wpb-js-composer js-comp-ver-4.11.2.1,vc_responsive

O que fazer em Andorra no inverno?

Grandvalira, Andorra

O que fazer em Andorra no inverno?

O que fazer em Andorra no inverno? Permita-nos elencar cinco motivos que vão fazer você mudar seu roteiro para curtir a neve.
Neve e Andorra são praticamente sinônimos. Este pequeno país aninhado nas montanhas rochosas dos Pirineus, entre Espanha e França, no qual o inverno vai do início de dezembro até o final de abril, revela um dos maiores domínios esquiáveis da Europa.

Andorra

1- Preste atenção nas paisagens ao cruzar a fronteira. A única forma de alcançar esse país é por rodovia, seja pelo lado francês ou espanhol. Não existem aeroportos nem estações ferroviárias em Andorra. O roteiro mais rápido é por Barcelona e depois de três horas de ônibus chega-se a capital Andorra La Vella.
Após passarmos a fronteira com a Espanha, o cenário começa a parecer fantástico. Será que entramos em Bedrock, no reino dos Flintstone? Pois, durante séculos todas as casas foram construídas em pedra, agarradas aos precipícios rochosos. Construir em pedra é uma lei no país. As vilas envolvidas por campos nevados e bosques de pinheiros, dão uma imagem poética à região.

Andorra La Vella

2- Andorra decreta o fim da mesmice onde tudo se resume num único lugar
Contemplar a paisagem e curtir o aconchego ao lado de uma lareira saboreando o ‘Escol’, vinho típico do país, com os melhores embutidos espanhóis e franceses, são dois grandes atrativos. Mas as pessoas viajam para lá também para viver a neve, melhor na neve.
Andorra e suas montanhas nevadas decretam o fim da mesmice onde tudo se resume num mesmo lugar. Escolha a hospedagem em uma das suas vilas e se mande para uma das 118 pistas de esqui de Grandvalira, ou uma das 69 de Vallnord, seus principais centros de neve, e que tornam Andorra um dos maiores domínios esquiáveis da Europa.

Andorra

3 – Esportes alternativos de neve não dão conta da criatividade.
Além dos tradicionais esqui e snowboard, há mais: o trenó puxado por cães, trilhas para snowshoe (raquete de neve), cross-country esqui, buggies, motos de neve, esqui de fundo (o nosso preferido), sledge (trenó), ou seu primo rico o skeleton que se pratica deitado de bruços. Mais do que um esporte é uma travessura, um antídoto ao stress. Descer encostas nesses trenós conduz ao túnel do tempo e nos faz voltar à infância.
Mas há outros que valem a pena experimentar: speedride (esqui com paraquedas) e o skibike, uma espécie de bicicleta com esquis. E não deixe de considerar, o Tobotronc, um tobogã de cinco quilômetros que desliza entre bosques e rochedos. Haja fôlego!

Andorra La Vella

4- Zona franca para compras
Para valer mais a viagem, Andorra é zona livre, o que significa 20% mais barato, no mínimo, nos preços de todos os produtos em comparação com o resto da Europa. Quando cai à tarde em Andorra La Vella é a hora das compras e do happy hour. Uma impressionante multidão de vultos surge nas calçadas iluminadas pelo neon das duas mil lojas que trazem o que há de mais moderno no mundo fashion de roupas jovens e esportivas, perfumaria, além de produtos eletrônicos.

embutidos espanhóis

4 – França e Espanha no mesmo prato
A verdadeira viagem é feita para seduzir os cinco sentidos, certo? Faltou mencionarmos uma gastronomia única que combina a cozinha francesa com a espanhola. Da Espanha vem os embutidos, como buitifarra e bringuera, os azeites, o bacalhau, além de uma variedade de cogumelos; queijos e vinhos da França.

Mais informações: www.visitandorra.com

 

Você também pode se interessar por:

O que fazer em Mendoza?

 

Heitor e Silvia Reali

Viajamos para namorar a Terra. E já são 40 anos de arrastar as asas por sua natureza, pelos lugares que fizeram história, ou pela cultura de sua gente. Desses encontros nasceu a Viramundo e Mundovirado.

Post a Comment