Alguém que virou o mundo – Van Gogh

Van Gogh

Alguém que virou o mundo – Van Gogh

Impelido pela necessidade de transcrever na pintura como sentia a natureza e as pessoas, Van Gogh as incrusta em seus quadros com irradiações de cores ardentes e irreais.

Van Gogh

Vincent Van Gogh viaja à Paris na busca por paisagens ensolaradas e a fim de conhecer as obras dos impressionistas. É, porém no vilarejo francês de Auvers-sur-Oise que ele descobre o sol dentro de si mesmo. Incansável nos 66 dias que ali viveu, realiza 33 desenhos e 70 quadros luminosos e de cores vibrantes. “Tenho uma estranha lucidez quando a natureza é excepcionalmente bela. A excitação que se apodera de mim vai aumentando até me fazer perder os sentidos”, descreve em uma carta para seu irmão Theo.

Auvers-sur-Oise

Hoje em Auvers-sur-Oise pode-se entrar na mansarda do Hotel Ravoux onde se hospedou, considerado o menor museu do mundo. Visitantes de várias nacionalidades querem seguir os mesmos passos de Van Gogh, observar os motivos que ele pintou para tentar entender a maneira como ele sentia.

Vincent Van Gogh foi um dos primeiros artistas a expressar nas pinturas, emoções e sentimentos. Ao mesmo tempo foi um grande artista e um grande homem, uma das combinações mais nobres que existem.

Agende-se

Auvers-sur-Oise dista quarenta minutos de trem partindo da Gare du Nort, Paris.

Você também pode se interessar por:

http://viramundoemundovirado.com.br/auvers-sur-oise-ultima-viagem-de-van-gogh/

http://viramundoemundovirado.com.br/van-gogh-proposito-de-uma-orelha/

http://viramundoemundovirado.com.br/van-gogh-e-viagem-de-um-quadro/


Comentários

Heitor e Silvia Reali

Viajamos para namorar a Terra. E já são 40 anos de arrastar as asas por sua natureza, pelos lugares que fizeram história, ou pela cultura de sua gente. Desses encontros nasceu a Viramundo e Mundovirado.